Comunicação eficaz inclui cuidados com a voz

Sabia que não existe nenhuma voz igual? A voz é como sua impressão digital, única, faz parte da sua identidade. Cuidar dela é essencial, afinal, quando não está bem, pode impactar na qualidade da comunicação.
A voz é tão importante em nossas vidas que desde 2003, no dia 16 de abril, comemora-se o Dia Mundial da Voz.

O grande objetivo desta data é promover a saúde da voz para evitar queixas ou problemas vocais, dos mais simples aos mais graves, e conscientizar as pessoas e profissionais de que a voz é fundamental para nossos relacionamentos pessoais e profissionais. Ela é poderosa e fala sobre nós.

É por meio da voz que o profissional estabelece o contato com o cliente, fazendo-se ouvir e entender. Assim, a voz deve ser expressiva, agradável, sem ruído.

Algumas ações são essenciais para preservar esta ferramenta de comunicação e para você garantir a possibilidade de falar, cantar, compartilhar, ensinar.
- Beber água ao longo do dia;
- Manter uma alimentação saudável;
- Manter uma boa qualidade de sono;
- Evitar o uso inadequado da voz, como gritar, sussurrar; pigarrear;
- Falar por longas horas, sem coordenar a fala com a respiração;
- Evitar fumar, especialmente, quando a voz não está boa.

É muito comum as pessoas darem valor à voz em situações de perda dela, por exemplo, num quadro de rouquidão que, por mais de 15 dias, nada tem de normal e deve ser avaliado por um profissional, otorrinolaringologista ou fonoaudiólogo.

Nossa voz é capaz de nos aproximar ou nos afastar das pessoas, mesmo dos amigos ou familiares.

Cuidar da voz e da comunicação interpessoal pressupõe, também, cuidar dos nossos relacionamentos. Sabe aquela voz que transmite afeto, acolhimento, tranquilidade? Como faz bem! Mas você já deve ter gritado com alguém ou deve ter percebido agressividade, rispidez, mágoa, impaciência, quando alguém falou com você com uma voz alterada. Nossas emoções são invariavelmente transmitidas pela voz e rapidamente percebemos o cenário que envolve aquele encontro, aquela conversa.

Ao perceber-se em estado alterado, pare! Respire! Perceba-se! Escute a sua voz. Será que é este o melhor lado que pode revelar no seu trabalho, para seu companheiro, para seu filho tão amado, para você mesmo(a)?

Cuidar da voz e da forma de se comunicar é também cuidar das suas relações, pense nisso!

Atente-se, perceba e comece pequenas mudanças.